Qual é o melhor tipo de música para manter o foco?

Qual é o melhor tipo de música para manter o foco?

27/08/2021 0 Por bloganker

A música clássica ajuda o cérebro a se concentrar, mas estudos já mostraram que a música que a gente gosta, seja de qualquer estilo, também pode funcionar como música para manter o foco

Você é daqueles que só consegue se concentrar com música ou é do time dos que não conseguem ouvir nada sem viajar na melodia, perdendo totalmente o foco? Cada um de nós tem um jeito de se concentrar nas nossas atividades diárias, e a música pode ser uma maneira de ajudar a embalar estudos e trabalhos. Porém, como ela afeta cada um de uma maneira bastante particular, é impossível dizer de maneira direta se a música ajuda ou atrapalha na hora da concentração.

Música para manter o foco: qual é a melhor opção?

A resposta, na verdade, é: depende da música. Existe um tipo de música que é comprovadamente bom para o foco e a concentração.

Benefícios indiretos

Antes de falar em como a música age diretamente sobre o foco e a concentração, é importante salientar os benefícios indiretos que as melodias têm sobre nós e que acabam influenciando na nossa produtividade. A música nos ajuda a relaxar, a nos manter motivados, a diminuir nosso estresse e a melhorar nosso humor, entre outras coisas. Tudo isso ajuda em qualquer tarefa, afinal sentir-se bem é a melhor maneira de fazer qualquer coisa melhor.

Absorção de informações

Do ponto de vista mais prático, estudos já mostraram que a música, especialmente a música clássica, ajuda nosso cérebro a absorver e interpretar informações de maneira mais fácil. Isso acontece porque a música, de certa forma, guia o cérebro pelo caminho da concentração. Nosso cérebro processa as informações que recebe do mundo separando-as em partes menores para facilitar seu trabalho.

Pesquisadores descobriram que a música clássica pode ajudar a ativar as partes do cérebro responsáveis por prestar atenção. Além disso, as composições musicais do século 19 estimulam as áreas do cérebro envolvidas em fazer previsões e atualizar os eventos na memória, mostrando que as técnicas musicais usadas por compositores de 200 anos atrás, como Mozart e Beethoven, ajudam o cérebro a organizar as informações recebidas.

Se você não gosta de música clássica e prefere outros estilos, a boa notícia é que a música em geral também ajuda a melhorar nossos processos cognitivos. De acordo com a ciência, isso tem a ver com nosso estado emocional – portanto, ouvir música que gostamos pode ser uma boa estratégia para cumprir nossas tarefas!

Quer ouvir música com fones e caixas de som com qualidade reconhecida lá fora? Então navegue no site da Anker e encontre a melhor opção para você.